Fotografias

Realizar


Para tirar o maior partido das suas fotografias é recomendável ler o manual de instruções da máquina fotográfica, já que se não conhece bem o seu funcionamento, não poderá aproveitar todos os seus recursos.

Não reduza a resolução das fotografias para que não ocupem mais espaço no cartão de memória, já que estas perdem qualidade. Igualmente, deverá prevenir-se, indo de viagem com a bateria carregada e o cartão de memória vazio.

Quando realize as fotografias nos locais para onde viaje, procure escolher locais iluminados evitando fotografar em contraluz e com fundos simples utilizando o flash se for necessário. Mas não se esqueça que o flash iluminará todos os objectos que estejam num raio máximo de 4 metros; contrariamente ao que se pensa, a utilização do flash não é necessariamente unicamente em ambientes de pouca luz. Quando realizamos fotos ao ar livre com luz solar muito brilhante criam-se sombras com muito contraste, e se as queremos evitar o flash ajuda-nos nisso.

Obviamente que a temática das fotografias é totalmente livre, mas recorde que o interesse é capturar imagens que não sejam habituais no seu lugar de origem. Crie recordações da sua visita retratando os seus companheiros de viagem e a si mesmo.

Para fotografar correctamente, segure a máquina com as duas mãos, sem tapar a objectiva nem o flash, para assegurar uma maior estabilidade.
As máquinas fotográficas digitais incluem pré-ajustes que ajudarão a configurá-la consoante o tipo de fotografia que se deseje, assegurando um bom resultado. Contam também com opção manual que lhe dará uma maior liberdade para fazer experiências.

A composição fotográfica ganhará interesse se utilizar a regra dos terços, a qual consiste em dividir visualmente a foto em três partes, tanto horizontal como verticalmente, e logo situar o que se pretende fotografar sobre uma das intersecções. Não receie fazer experiências com a luz ou rodar a máquina para experimentar diferentes enquadramentos, alterar o ponto de vista agachando-se, aproximando-se mais, etc. Recorde que graças às máquinas digitais podemos tirar fotografias sem limite e com isso ter mais possibilidades de encontrar a foto definitiva e desejada.

Editar


Antes de começar a editar as suas fotografias deverá realizar uma cópia de segurança para evitar perder as originais. Isto no caso de vir a realizar modificações que acabem por não lhe agradar e que fiquem guardadas. Não se arrisque a perder a recordação de momentos inesquecíveis.

Ao descarregar as fotos da máquina para o computador assegure-se que dispõe de suficiente espaço no disco rígido, e que estas são descarregadas com a maior resolução.



Podemos utilizar um editor fotográfico para melhorar, retocar ou criar efeitos (o melhor é realizar as alterações uma de cada vez, antes de guardar a imagem, para que não se corra o risco de se perder alguma da informação reduzindo a qualidade). Tendo presente o uso final que se vai dar, se será para impressão, ampliação, envio por e-mail...

Imprimir


Podemos optar por imprimir em casa as cópias ou fazê-lo numa loja especializada. Imprimir imagens digitais numa loja é mais económico já que nem o papel fotográfico nem o tinteiro para as impressora são baratos.

Na maioria das lojas podemos nós próprios realizar a impressão de maneira instantânea, através dos quiosques digitais.

Levamos as fotografias directamente no cartão de memória da máquina, ou num CD, ou podemos transferir as imagens desde o telemóvel ou PDA, através da tecnologia bluetooth ou infravermelhos.

Uma vez descarregadas as imagens podemos visualizá-las e editá-las para eliminar os olhos vermelhos, recortá-las, alterar o contraste, juntar texto, etc.

Seleccionaremos o tamanho e o número de fotos, e a impressora térmica realizará impressões de alta qualidade no mesmo tipo de papel que as fotos convencionais.



Se optamos por imprimir em casa as fotografias devemos ter em conta o tamanho em que realizaremos a impressão e qual é a resolução da fotografia. 

Convém ter em conta que nos negativos a relação de tamanho é de 2:3 (10x15cm, 20x30cm, etc.), enquanto que nas máquinas digitais é de 3:4 devido à proporção dos monitores. Isto quer dizer que para imprimir fotos digitais nos tamanhos tradicionais é necessário recortá-las.

Há impressoras específicas para fotografias, mas também podemos utilizar as habituais que oferecem uma resolução suficiente para a impressão de fotos.

Há que manipular o papel com cuidado para não deixar marcas de dedos, e depois da impressão deixar secar e esperar pelo menos 6 horas.